Novo Tratamento para Regeneração Capilar

Novo Tratamento para Regeneração Capilar
Avalie este artigo

A queda de cabelo é um problema que afeta grande número de homens de qualquer idade, existindo diferentes tipos de tratamentos que vão desde cremes até massagens e enxertos de cabelo.

calvicie

A novidade vem agora do Centro Médico da Universidade de Columbia (CUMC) que acaba de informar sobre uma técnica revolucionária que faz uso das células do próprio paciente para fazer crescer o cabelo.

Os especialistas deste centro médico norte-americano afirmam que trata-se de uma excelente solução para homens e também para mulheres com problemas de queda de cabelo e calvície.

Este novo método de regeneração capilar inovador marcará, sem dúvida, um antes e um depois no modo e a forma de tratar a queda de cabelo, através de uma técnica totalmente diferente das conhecidas até agora.

Neste Artigo Você Vai Ver:

Como é Hoje

Atualmente, as técnicas para parar a queda de cabelo ou a recuperação do mesmo tendem a redistribuir o cabelo de uma área do couro cabeludo menos visível para o outro, apesar de que em estados muito avançados, o problema é que o paciente não conta com suficiente cabelo para cobrir todas as áreas.

Este grupo de pesquisadores publicaram sua técnica na edição online do Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) e de acordo com este artigo o novo tratamento trará resultados muito satisfatórios, mesmo em casos de calvícies extremas, já que produz o crescimento de um grande número de folículos pilosos mas, além de rejuvenescer os preexistentes.

Como é a Técnica

Toda a técnica se consegue usando células desenvolvidas a partir de algumas centenas de fios do próprio paciente ou de um doador, tornando realidade o sonho de muitas pessoas que sofrem de diferentes tipos de alopecia incluindo os que sofrem de alopecia cicatricial ou que tenham perdido o cabelo por causa de lesões ou queimaduras.

Segundo as explicações dos pesquisadores, as células que formam a papila dérmica são as que dão lugar aos folículos pilosos e, agora, conseguiu expandir o número necessário de células que permitem a regeneração do cabelo, além de manter suas propriedades originais para regenerar um novo cabelo.

Os estudos foram realizados com pelos de roedores que foram cultivados e transplantados de forma bem-sucedida, posteriormente, os cientistas observaram que, basicamente, isso só funciona para estes exemplares, mas não para os humanos, uma vez que as papilas dérmicas dos animais, ao contrário das dos seres humanos gerados de forma espontânea certos agregados em cultivo.

Uma vez descoberta esta premissa, os cientistas começaram a cultivar as papilas humanas e fizeram com que elas interajam e liberar sinais que sirvam para reagendar o crescimento de novos folículos, depois de alguns dias, os pesquisadores transplantada as papilas cultivadas entre a derme e a epiderme de pele humana, que se havia enxertado nas costas de ratos e os resultados foram bem sucedidos, já que os transplantes impulsionaram o crescimento do cabelo.

Este novo método ainda não está disponível, já que é necessário realizar outros estudos para realmente confirmar se a técnica pode ser aprovada como uma alternativa para homens e mulheres que sofrem de queda de cabelo, algo que não está muito longe de ser uma realidade.

 

Você sabia? Grande parte da queda de cabelo é resultante de deficiências de vitaminas e minerais no corpo, além da má alimentação. Por isso, foi desenvolvido um suplemento alimentar voltado exclusivamente para quem sofre deste problema: conheça o Hair Loss Blocker.