O que comer após o treino?

O que comer após o treino?
Avalie este artigo

Após o treino, um dos erros mais comuns que vemos é a má alimentação. Comer bem depois de praticar exercícios é essencial para que o organismo consiga se recuperar. O que cada pessoa deve comer varia conforme os objetivos.
O momento do treino é altamente catabólico, ou seja, utiliza as reservas energéticas para que o organismo se mantenha. Os músculos que estão sendo estimulados sofrem microlesões, que vão ser corrigidas com a alimentação e descanso, aumentando a hipertrofia – ganho de massa muscular magra.
Quem visa o emagrecimento pode ficar um tempo maior no catabolismo, visando a queima maior de calorias. Já quem busca a hipertrofia, precisa se alimentar logo após o treino.

CARBOIDRATOS NO PÓS-TREINO

Os carboidratos são os responsáveis por manter as reservas de glicogênio. Após o treino, essa reserva fica muito baixa e é preciso repor. Se seu objetivo for o anabolismo, é interessante ingerir imediatamente alimentos de alto índice glicêmico, que o corpo vai absorver com mais facilidade. Temos como exemplo a granola, aveia, banana, pães, entre outros.
Se você busca o emagrecimento, a história muda. Aguarde em torno de uma hora após o treino para comer. Aproveite esse momento com metabolismo acelerado para queimar o máximo de calorias. Depois, pode consumir algum carboidrato complexo, de lenta absorção, como batata doce.

PROTEÍNAS NO PÓS-TREINO

Outro nutriente fundamental após o treino é a proteína. Pode ser de origem animal ou vegetal, mas é preciso estar presente. As proteínas do leite e da carne são as mais recomendadas após o treino, pois a absorção é rápida e recupera de maneira mais eficiente os aminoácidos perdidos no treino.
Os alimentos que mais contém proteínas de alto valor biológico são o peito de frango, leite desnatado, clara de ovo (esta de lenta absorção)…
As proteínas são responsáveis pelo desenvolvimento da massa muscular. Elas recuperam as microlesões favorecendo a hipertrofia.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Tanto a alimentação quando a suplementação devem estar de acordo com seus objetivos. Cada organismo é único, então não acredite em dieta milagrosa, nem siga as regras alimentares de seu amigo. Foque no seu corpo, no que você quer. Além disso, é importante ter cuidado com o treino e o descanso. É preciso que todos esses fatores estejam alinhados para que os resultados sejam satisfatórios.
Uma dica legal: Se você for suplementar algo líquido e comer, faça sempre nessa ordem. A suplementação é absorvida de forma mais rápida pelo organismo, então o resultado será melhor.
É importante ressaltar que a alimentação deve ser balanceada durante o dia todo, e não apenas nos horários próximos aos treinos. Vale lembrar que o acompanhamento de um nutricionista é necessário, para indicar os melhores alimentos e horários para consumi-los.
Agora é só treinar, comer certo, suplementar e descansar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!