Isotensão: Você sabe o que é?

Princípio de treinamento fundamentado pelo grande Joe Weider, reforçando a base do Princípio da ligação entre o corpo e mente, relação fundamental para o desenvolvimento apropriado do tecido muscular.

isotensao
Para desenvolver uma parte do corpo, a mente precisa ter estímulos específicos, para que o corpo saiba exatamente para onde canalizar as energias, de acordo com a intensidade necessária.
Durante um exercício, a mente se direciona para a realização de um certo movimento para alcançar um determinado músculo.

O treino constante de um músculo específico e o direcionamento de energias mentais e físicas faz com que a mente crie uma associação de reflexos. Depois de um certo tempo de treino, a mente desenvolve um mecanismo automático que fornece energia durante o trabalho de um músculo específico.

Para ter o máximo de proveito do potencial físico, deve-se treinar a mente a focalizar cada porção que se está treinando. Assim, o músculo respondera com potência e contração que resulta em maior crescimento e desenvolvimento muscular.

O segredo para o pleno funcionamento da mente encontra-se no Princípio de ISOTENSÃO, no qual se contrai ou flexiona-se os músculos sem o uso de pesos.

Antes de empregar este princípio, aqueça a área a ser trabalhada através de alongamentos. depois de ter aquecido corretamente os músculos, intensifique os esforços do treino durante cada serie.

Tenha em mente que está usando os pesos para trabalhar os músculos e não para ficar levantando-os sem motivo algum. Isso é muito importante para a concentração e esforço do músculo envolvido. Assim que terminar de treinar determinado músculo e antes de passar para o seguinte, faça ISOTENSÃO da seguinte forma:

– digamos que acabou de fazer treino completo de costas, 15 ou 20 series, seus músculos estão enrijecidos e bem trabalhados, logo após a última repetição , alongue ao máximo os músculos das costas. uma pose de duplo bíceps é o ideal, se concentre nos músculos das costas.

Ao iniciar a sua primeira contração de ISOTENSÃO , atente aos músculos do meio das costas,

Contraia-os por 6 segundos, mas não prenda a respiração, respire. depois de 6 segundos, relaxe e veja bem como seus músculos se sentem. faça isso por 10 segundos. Repita o processo, ( 6 segundos de contração, 10 segundos de descanso) , mais 2 vezes.

logo após esta serie de ISOTENSÃO , flexione agora as costas sentindo a parte superior, fazendo 3 series, de 6 segundos de contração e 10 de descanso.

Agora a parte inferior das costas , mais 3 series , de 6 por 10 segundos. agora ultima serie , desta vez as costas por completo, 3 series de contrações envolvendo todos os músculos possiveis das costas, no esquema de 6 por 10.

Faça isso para músculo treinado , ao fim da ultima repetição do treino de cada músculo, comece por partes isoladas e por ultimo o músculo ou grupo muscular envolvido todo.

Usando a técnica de ISOTENSÃO depois de trabalhar as partes do corpo, sua mente irá transmitir impulsos ao músculo exercitado, estreitando a ligação entre mente e corpo. Isso, abrirá os canais para que haja um maior fluxo de energia, permitindo que o músculo fique mais forte.

Se você é um culturista que participa de campeonatos, esse auto-controle será muito benéfico quando estiver contraindo os músculos durante apresentação de poses.

O princípio de ISOTENSÃO ajuda na vascularização, marca os músculos, ajuda no controle mental sobre seus músculos, e ajuda de sobra a queimar calorias extras, deixando seus músculos mais definidos.

Mas uma dica importante é NÃO DEIXE DE RESPIRAR DURANTE AS CONTRAÇÕES , pode parecer fácil, só contrair os músculos, mas ao fazer você vera que é bem exaustivo , e exige muita concentração mental e física. Por isso não precisa fazer em todos os treinos, faça em cada músculo uma vez por semana, a princípio já estará muito bom.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!