Extrato de Café Verde Funciona para Emagrecer? Saiba Aqui

A tarefa de perder peso é difícil e é por isso que muitas pessoas procuram aliados para essa batalha, como é o caso dos suplementos alimentares.

O extrato de café verde é um deles e, atualmente, um dos mais populares do mundo. Como o seu nome indica, é extraído dos grãos de café verde e contém uma substância chamada ácido clorogénico, a qual é responsável por seus efeitos sobre a perda de peso.

Este extrato foi promovido pelo Dr. Oz em 2012. Este especialista é um médico norte-americano conhecido por suas aparições televisivas, e é um dos “gurus da saúde” mais conhecidos do mundo. Assim, é hora de dar uma olhada detalhada no extracto de café verde para ver como funciona e o que diz a ciência sobre ele.

O que são os grãos de café verde?

Os grãos de café verde são basicamente os grãos de café torrado.

O café é naturalmente verde, mas geralmente é torrado antes de ser colocado no mercado e nesse processo o obscurece.

Os grãos de café estão cheios de antioxidantes e componentes farmacológicos ativos. Dois dos mais importantes são a cafeína e o ácido clorogênico. Este último é o principal ingrediente ativo em grãos de café verde, ou seja, a substância que torna efetiva a perda de peso.

Infelizmente, a maioria do ácido clorogênico, se perde uma vez que o grão de café é torrado. Assim, os grãos regulares de café não tem o mesmo efeito (mas também há muitas boas razões para beber café).

Resumindo: os grãos de café verde são os mesmos que os regulares, exceto que não foram torrados. Possuem um alto conteúdo de ácido clorogênico.

Como funciona o extrato de café verde?

Os grãos de café verde contém uma certa quantidade de cafeína. E vários estudos têm mostrado que a cafeína pode acelerar o metabolismo entre 3 e 11 %.

No entanto, o principal ingrediente ativo, acredita-se, é o ácido clorogênico.

Alguns estudos em humanos sugerem que o ácido clorogênico, pode reduzir a absorção de carboidratos no trato digestivo, o que baixa o nível de açúcar no sangue e os picos de insulina.

Isso significa que tomar extrato de café verde seria o mesmo que consumir uma dieta ligeiramente baixa em carboidratos.

Outros estudos (em ratos) sugerem que o ácido clorogênico pode reduzir o peso corporal, a gordura absorvida da dieta e a gordura armazenada no fígado, além de melhorar as funções do hormônio queima-gorduras adiponectina.

O ácido clorogênico também provou ser útil para melhorar os níveis de colesterol e triglicerídeos em ratos.

Resumindo: o café verde inibe o ganho de peso em estudos em animais. É provável que isso tenha a ver com uma menor absorção de carboidratos da dieta, ou através de outros mecanismos.

O que dizem os estudos em humanos?

Um dos estudos realizados em humanos sobre o extrato de café verde incluiu  30 indivíduos com excesso de peso durante 12 semanas.

Eles foram divididos em dois grupos: um que consumiu o café instantâneo regular, o outro o café instantâneo enriquecido com 200 mg de extrato de café verde. Nenhum dos dois grupos muraram seus hábitos de exercício.

O grupo que bebeu o café instantâneo com extrato de café verde perdeu 5,4 quilos, enquanto que o que tomou apenas café instantâneo perdeu 1,7 quilos.

O percentual de gordura corporal também diminuiu 3,6 % no grupo que consumiu o extrato, em comparação com 0,7% no outro grupo.

Outros estudos também relataram uma perda de peso significativa em pessoas que consumiram o extrato de café verde.

cafe verde em capsulas

 

 

O Café verde algum benefício extra para a saúde?

cafe verde emagrece mesmo
O café verde pode afetar positivamente a maneira em que o corpo absorve e utiliza carboidratos. Como se propôs nos estudos em animais, o ácido clorogênico é capaz de reduzir a absorção de glicose .

Este efeito tem um papel importante no controle do diabetes e explica os efeitos no peso.

O extrato de café verde também pode afetar positivamente os vasos sanguíneos, o que impacta na saúde do coração.

Doses entre 140-720 mg por dia têm demonstrado diminuir a pressão arterial tanto em ratos como em humanos com pressão arterial elevada. E o ácido clorogênico, também funciona como um antioxidante.

Resumindo: o extrato de chá verde melhora o metabolismo da glicose e reduz a pressão sangüínea. Isso poderia ser benéfico para pessoas com alto risco de desenvolver diabetes e doenças cardíacas.

 

Efeitos colaterais, doses e como usá-lo

 

O café verde contém cafeína, que pode ter vários efeitos colaterais quando se consome em grandes quantidades. Isso inclui ansiedade, tremores e taquicardia.

Se você é sensível à cafeína, é preciso ser cuidadoso com o extrato de café verde.

O ácido clorogênico em excesso também pode ter um efeito laxante e causar diarreia.

Algumas pessoas tiveram reações alérgicas aos grãos de café verde. E o extrato deve ser evitado se você já teve alergia a café alguma vez na vida.

A segurança do café verde para grávidas ou mulheres em período de amamentação não foi comprovada ainda, e não deve ser consumido por crianças.

Atualmente não há nenhum estudo que determine uma dose ideal para o extrato de café verde. No entanto, os estudos citados neste artigo usaram doses que variam de 120 a 300 mg de ácido clorogénico. Dependendo da concentração desta substância no suplemento, o intervalo pode ir, então, de 240 a 3000 mg de extrato de café verde por dia.

Para ter a dose ideal para emagrecer com café verde, sugerimos buscar um suplemento pré formulado, como o Green Coffee Turbo.

 

Conclusão

O extrato de café verde pode ser muito útil como uma ajuda para perder peso. E também parece ter benefícios para o metabolismo da glicose e a pressão arterial. Claro que nada faz milagre, mas aliar o poder do café verde com uma dieta balanceada, reduzida em carboidratos e atividade física poderão ajudar você a conquistar o corpo que sempre deseja.

cafe verde em capsulas